Contate-nos

Oi, o que você está procurando?

Cotidiano

Chuvas em 2020 foram 16% acima da média em Uberlândia

Um balanço divulgado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), com dados da plataforma Hobolink, revelou que o ano de 2020 encerrou com 1.743,4 mm, ficando acima da média climatológica anual para Uberlândia, que é de aproximadamente 1.500 mm, ou seja, 16% além da média para o ano todo.

Anúncio. Role para continuar a leitura.

O mês de dezembro também teve precipitações acima do aguardado. Segundo o Inmet, o motivo foram duas atuações da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) sobre a região do Triângulo Mineiro, principalmente nos dias 8 e 24. Nestas duas ocasiões choveu 65% da média climatológica mensal.

Durante uma reunião entre representantes da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec) na última quarta-feira (30), o coordenador da Compdec, João Batista Afonso, alertou que a previsão é que a situação se manterá até o mês de março. “As pessoas devem ficar atentas e evitar locais e atitudes de risco”, alertou.

Anúncio. Role para continuar a leitura.

Precipitações no mês de dezembro em Uberlândia:
Estação Centro: 556,5 mm, 89% acima da média climatológica
Estação São Jorge: 466,9 mm, 59% acima da média climatológica
Estação Jardim Patrícia: 260,3 mm, 88% da média climatológica
Estação Umuarama: 415 mm, 41% acima da média climatológica
Estação Inmet Campus Santa Mônica: 596 mm, 103% acima da média climatológica

Ferramentas podem ser usadas na prevenção

Anúncio. Role para continuar a leitura.

Durante a reunião da Compdec foram apresentadas duas novas ferramentas que os cidadãos podem usar para se prevenir neste período chuvoso, sendo elas o Zap da Prefeitura e uma novidade no aplicativo Waze.

Para se cadastrar no Zap da Prefeitura, o interessado deve acessar pelo telefone (34) 9774-0616 e escolher a opção “7 – Alertas da Defesa Civil”. A ferramenta funciona pelo WhatsApp, e foi desenvolvida pela Compdec para avisar os cidadãos sobre riscos devido às chuvas, tudo feito por mensagens instantâneas via smartphone. Por meio do Zap da Prefeitura será solicitado que o usuário informe o nome completo, CPF e o CEP da região que deseja receber os alertas. Após cadastrado, as mensagens serão enviadas para o telefone pelo qual o munícipe fez a solicitação, com alertas específicos para o endereço informado e da cidade como um todo. Para um alcance mais amplo, além da área urbana, o zap da Prefeitura também está sendo ampliado para a zona rural e rodovias da região.

Anúncio. Role para continuar a leitura.

Outra novidade é o aplicativo Waze, que disponibiliza informações sobre condições de trânsito e estruturas de vias, oferecendo opções de rotas alternativas. No caso de chuvas, a Polícias Militar atualiza os mapas com informações repassadas pelos integrantes da Defesa Civil e um ícone específico alerta quais vias (ruas e avenidas) estão interditadas. O Waze pode ser baixado pela loja virtual de aplicativos Google Play Store para usuários de smartphone com sistema Android. Já os usuários do sistema operacional iOS podem obter pela Apple Store.

 Cuidados 

Anúncio. Role para continuar a leitura.

A Defesa Civil orienta a população a tomar alguns cuidados em dias de chuva para evitar transtornos. Os motoristas devem evitar trafegar pelas regiões mais baixas da cidade, principalmente nas avenidas Rondon Pacheco e Professora Minervina Cândida de Oliveira. Em dias nublados, não é indicado deixar os veículos estacionados próximos a árvores, principalmente as mais antigas. Evitar ficar próximo a redes elétricas quando houver tempestades com raios e trovões também é outra dica da Defesa Civil. 

Em caso de perigo chame:

Defesa Civil: 199
Corpo de Bombeiros: 193
Polícia Militar: 190 

Anúncio. Role para continuar a leitura.

Orientações da Defesa Civil:

Antes das chuvas

Anúncio. Role para continuar a leitura.

– Fazer manutenção nos telhados, desobstruir os canos das lajes, limpar as calhas, conferir se as telhas estão pregadas;
– Não jogar lixo ou entulho em bueiros, quintais e ruas. Sempre colocar os sacos de lixo nas lixeiras, evitar deixá-los diretos na calçada.
– Reforçar muros e paredes que tenham perigo de cair;
– Fazer revisões nas instalações elétricas;
– Desligar os aparelhos elétricos, quando perceber chuvas fortes acompanhadas de raios;
– Colocar móveis e outros pertences em lugares altos, caso sua moradia esteja localizada em locais sujeitos a alagamento;
– Acompanhar os boletins de avisos e alertas dos Institutos de Meteorologia pela internet ou pelos órgãos da imprensa.
 

Durante as chuvas

Anúncio. Role para continuar a leitura.

– Manter-se atento aos níveis das águas;
– Manter portas e janelas da casa fechadas para evitar entrada de ventos fortes e animais;
– Não se proteger embaixo de árvores, pois elas atraem raios e, se houver granizo, é aconselhável que se abrigar em lugares seguros, com boas coberturas;
– Não manusear nenhum equipamento elétrico ou telefone devido aos raios e relâmpagos;
– Não se arriscar em atravessar à pé ou com veículos em ruas e pontes alagadas ou com enxurradas;
– Se a casa estiver em risco de alagamento ou desabamento, chamar imediatamente a Defesa Civil  e  o Corpo de Bombeiros;
– Em caso de alagamento é recomendado evitar contato com as águas, pois além da contaminação que pode causar graves doenças, há também o risco de choque elétrico.

Depois das chuvas

Anúncio. Role para continuar a leitura.

– Verificar as instalações elétricas antes de ligá-las;
– Fazer revisões de possíveis danos em moradias (paredes, telhados, etc);
– Ter cuidado com animais (aranhas, cobras e ratos em casa);
– Verificar se houve obstrução de ralos, bueiros e calhas.
 

Orientações aos motoristas

Anúncio. Role para continuar a leitura.

– Evitar trafegar em vias alagadas, procure sempre rotas alternativas ou aguarde a chuva passar em lugar seguro;
– Em dias nublados, evitar deixar os veículos estacionados próximos a árvores, principalmente as mais antigas;
– Não estacionar veículos em regiões íngremes e próximas a postes durante as chuvas;
– Durante a incidência de raios, a melhor proteção é permanecer no interior do veículo;
– Checar o bom estado dos limpadores, das borrachas das paletas e do motor dos limpadores;
– Certificar-se que o desembaçador está funcionando corretamente;
– Ligar as luzes durante uma chuva intensa (mesmo que seja dia claro) para que outros motoristas vejam o veículo.

 Compõe a Comissão do Plano de Emergência Pluviométrica

Anúncio. Role para continuar a leitura.

– Secretarias Municipais
– Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil – Compdec
– Departamento Municipal de Água e Esgoto – Dmae
– Fundação Uberlandense de Turismo Esporte e Lazer – Futel
– Associação Comercial e Industrial de Uberlândia – Aciub
– Câmara de Diligentes Lojistas – CDL
– 36º Batalhão de Infantaria Motorizado – 36º BIMtz
– Polícia Rodoviária Federal – PRF
– 2º Comando Operacional de Bombeiro Militar – COB
– 5º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais
– Centro de Operações de Bombeiros – COBOM
– Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – Dnit
– Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais – DER/MG
– Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig
– Algar Telecom
– 9ª Região da Polícia Militar – 9ª RPM
– 2ª Companhia de Radiopatrulhamento Aéreo – CORPAER
– Universidade Federal de Uberlândia
– Conselho de Entidades Comunitárias – CEC
– Grupo Triângulo Minas (Clube de rádio) – GTMG
– Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária – Infraero
– Rede Integrada de Emergência – Rinem
– Eco-050

Anúncio. Role para continuar a leitura.
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncio