A Unidade Regional de Saúde de Saúde recebeu nesta quinta-feira, 14, o 1° lote com 67.750 vacinas agulhadas para a vacinação contra a Covid-19. O material foi enviado pelo Governo de Minas e faz parte do Plano Estadual de Vacinação.

De acordo com Rafael Mendes Ferreira da Luz, diretor da Gerência Regional da Saúde – GRS, a estratégia do governo estadual para a imunização foi iniciada há meses, para viabilizar a imunização tão logo sejam disponibilizados os imunizantes, adiantado a preparação dos municípios para essa execução. “Recebemos no primeiro lote cerca de 67.750 seringas agulhadas, que serão destinadas aos nove municípios que compõem a microrregião de Ituiutaba. Esses insumos são essenciais para a imunização da nossa população”, disse.

Embora ainda não haja autorização para compra e venda de vacinas no Brasil, o Plano de Contingenciamento para Vacinação contra a Covid-19, elaborado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), está em execução há três meses. Neste preparo, o Estado adquiriu 50 milhões de seringas agulhadas e 671 câmaras refrigeradas para armazenamento dos imunizantes, que atenderão a 462 municípios, inicialmente.

A ação preventiva vai ao encontro da notícia divulgada pela Prefeitura de Ituiutaba na última terça-feira, 12, após assinatura de contrato de intenção de compra de cem mil doses da vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a Sinovac, que poderá começar a chegar no município ainda em janeiro após a liberação de seu uso emergencial após análises da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA.

Conforme explicou a prefeita de Ituiutaba Leandra Guedes, trata-se de uma ação do Poder Executivo para dar maior respaldo e garantir a imunização aos tijucanos o mais rápido possível, em paralelo às ações dos governos estadual e federal.

Para mais informações sobre Ituiutaba, clique aqui!