Contate-nos

Oi, o que você está procurando?

Ocorrências

Advogado é preso pela PMMG, no Natal em Ituiutaba, com mais de 300 gramas de crack

Um homem de 59 anos, advogado inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil em Goiás – OAB/GO, foi preso pela Polícia Militar de Minas Gerais – PMMG em Ituiutaba na última quinta-feira, 21, com mais de 300 gramas de substância semelhante à crack, além de outros produtos ilícitos. O fato ocorreu na Rua Segunda, no Bairro Natal.

Anúncio. Role para continuar a leitura.

A ação dos PMs foi desencadeada durante Operação Batida Policial, em averiguação de relatório de Disque Denúncia Unificado – DDU 181, após o recebimento de informações de que em um imóvel no referido bairro estaria ocorrendo, por parte do denunciado, a prática ilícita de vendas de drogas.

No local, em contato com o denunciado, após ter sido mencionado o motivo que levou a equipe ao imóvel, o indivíduo se mostrou constrangido por ser advogado, quando também negou que estivesse atuando na prática criminosa. Durante diálogo, foi percebido que nos bolsos da bermuda do denunciado continham alguns volumes fora do comum, questionado, ele entregou aos militares um aparelho celular, objeto que passou por pesquisa nos sistemas informatizados, sendo que constatou se tratar de produto extraviado na cidade de Prata.

Anúncio. Role para continuar a leitura.

Por conta das evidências de que no local realmente estaria ocorrendo o comércio ilegal de substâncias entorpecentes, o denunciado foi submetido à busca pessoal, sendo encontradas em seu poder porções petrificadas, semelhantes à crack. Por conta do flagrante, foram procedidas buscas no imóvel do denunciado, resultando na localização de mais drogas, objetos de procedência duvidosa, além de um notebook com queixa de furto.

Foi dada voz de prisão ao autor, sendo ele conduzido à Delegacia de Polícia Civil. A PMMG apreendeu 200 gramas de substância semelhante à crack; 29 porções de 130 gramas petrificadas semelhante à crack; uma balança de precisão; uma faça; duas tesouras; materiais utilizados no embalo de substâncias; um notebook; duas réplicas de arma de fogo; R$ 2.282,00 em cédulas fracionadas; duas munições intactas (calibres 762 e 22); comprovantes bancários e cinco aparelhos smartphone.

Anúncio. Role para continuar a leitura.

Para mais informações sobre Ituiutaba, clique aqui!

Anúncio. Role para continuar a leitura.
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncio