Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Unidades Regionais de Saúde de Ituiutaba e 28 prefeituras participaram da videoconferência.

Na tarde desta segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021, a equipe da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) se reuniu com os prefeitos da macrorregião Triângulo Norte para discutir medidas para aumentar o distanciamento social, mitigar o aumento do número de casos de covid-19 e estratégias assistenciais. 

A coordenadora da Sala de Situação da SES-MG, Eva Lídia Medeiros, apresentou os dados epidemiológicos e assistenciais da região do Triângulo Norte. Segundo o secretário de Saúde de Minas Gerais, Carlos Eduardo Amaral, o governo estadual está acompanhando e dando todo apoio necessário aos municípios da região.

Ele citou as transferências de pacientes feitas para outras regiões e reforçou a importância de estratégias integradas neste cenário: “Não adiantam ações isoladas e somente o Estado adotar uma medida restritiva e os municípios não”. Uma das primeiras iniciativas adotadas pela SES é a implantação de um plano de evacuação de pacientes que podem ter o quadro agravado. Já estamos com essa estruturação, será quase transporte diário, enquanto não baixar o número de casos”, afirma o secretário. 

Ainda segundo Carlos Eduardo Amaral, o aumento de casos de covid-19 é mais um fenômeno social do que sanitário. Dessa forma, tanto o Governo de Minas, quanto a SES-MG e as prefeituras precisam adotar uma conduta única. O prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão, salientou que há quase 14 dias tem adotado medidas restritivas, e também reforçou a importância do apoio da população. “O povo decretou o fim da covid-19, mas a covid-19 não decretou o seu fim”, diz. 

Em uma ação integrada com a SES-MG, a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), nesta terça-feira (16/2), irá enviar à cidade de Coromandel uma equipe de Saúde com médico intensivista, médico infectologista, enfermeiro, fisioterapeuta e técnico de Enfermagem.

Foto: Reprodução/Folha Uberaba

Fonte: Agência Minas