PF da voz de prisão para internauta uberlandense que incitou “morte” de Bolsonaro

Anúncio

Usuários do twitter foram intimados pela Polícia Federal por “incitar” a morte do presidente em um tuíte. Foi dada voz de prisão para o autor do postagem.

Autor do tuíte foi preso no dia de ontem por supostamente incitar a morte de Bolsonaro – Foto: Redes Sociais

Nesta terça-feira (3), antes da visita relâmpago de Bolsonaro em Uberlândia. Quatro usuários do twitter foram intimados pela Polícia Federal por conta de uma postagem que supostamente “incitava” atentado contra vida do presidente.

Anúncio

De acordo com a Polícia Federal, os delegados viram um tuíte, no qual, puderam entender que usuários da plataforma incitaram violência e atentado contra o presidente da república.

A decisão da PF, dividiu a opinião dos internautas porque pessoas viram que era uma brincadeira.

Apenas um usuário foi encontrado pela polícia e foi dada voz de prisão para o mesmo.