Decreto adequa medidas impostas pela onda roxa em Gurinhatã

Texto foi assinado pelo chefe do Executivo e estará vigente até o dia 18 de março

Gurinhatã também já aplicou as regras impostas pelo Governo de Minas para o enfrentamento à Covid-19 na macrorregião Triângulo do Norte. A denominada onda roxa teve início ontem, 4, e suas regras seguirão vigentes no município até o dia 18 de março. Clique aqui e acesse o documento na íntegra!

Anúncio

O texto exige o uso de máscaras de proteção que cubram boca e nariz para o funcionamento e atendimento dos estabelecimentos considerados essenciais, bem como a manutenção do distanciamento social de quatro metros quadrados em ambientes abertos e de dez metros quadrados em ambientes fechados.

O decreto também proíbe a venda de bebidas alcóolicas de sexta, às 18h, até 8h de segunda-feira, com a chamada lei seca. Já nos outros dias fica proibido o consumo de bebidas alcóolicas em áreas públicas, exceto em bares e restaurantes que fazem tal comercialização.

O serviço de delivery ficou permitido, sem a permissão de que o entregador circule na parte interna dos locais de entrega, devendo os pedidos ser deixados na portaria dos locais. Já os bancos terão de disponibilizar horários especiais com pelo menos duas horas de atendimentos voltados para pessoas que se enquadram nos grupos de risco, como os idosos.

Os serviços essenciais: bares, lanchonetes e restaurantes; lojas de roupas; supermercados, açougues e sacolões; padarias; postos de combustíveis e borracharias; casas agropecuárias e distribuidoras de gás de cozinha podem funcionar todos os dias até às 18h. Já o delivery de alimentos poderão funcionar até às 20h.

Eventos em geral, como leilões, estão com realização suspensa. Demais regras da onda roxa, imposta pelo Plano Minas Consciente, como o toque de recolher e a fiscalização feita pela Polícia Militar de Minas Gerais – PMMG estão válidas. Clique aqui e entenda as medidas impostas pelo Governo do Estado!