Anúncio
Foto: Tudo em Dia.

O prefeito de Capinópolis, Cleidimar Zanotto teve seu aplicativo de mensagens WhatsApp clonado nesta segunda-feira, 15. O chefe do Poder Executivo utilizou as redes sociais para alertar seus seguidores sobre o fato.

Cleidimar publicou o alerta e informou sobre a possibilidade de que o estelionatário virtual use seu nome para solicitar aos seus contatos transferências de dinheiro. “Peço que desconsiderem qualquer mensagem”, disse.

Anúncio

Ele também ressaltou que sua equipe já tomou as medidas necessárias para interromper a ação do golpista, bem como para registrar o fato para que haja investigação por parte das autoridades competentes.

Cuidados

Cada vez mais pessoas tem reclamado de técnicas de criminosos golpistas que tentam persuadir a vítima a informar o número do código de confirmação do WhatsApp. Saiba que com este número é possível clonar o seu WhatsApp e aplicar golpes nos seus contatos.

Por isso, em hipótese alguma forneça o número do código de confirmação do WhatsApp . Outra tática já usada é enviar mensagens falsas oferecendo serviços, o que faria a vítima acreditar que de fato precisa “autentificar” a sua conta. Mas, neste monento, na verdade, os criminosos já estão roubando os seus dados e acessando os seus WhatsApp.

O problema de instalar o seu WhatsApp em outro telefone é que os estelionatários podem se passar por você e pedir dinheiro emprestado aos seus contatos. Além de terem acesso a uma série de conversas salvam por meio do backup.

Com essas informações, desconfie também se algum contato te pedir dinheiro emprestado. Uma maneira de confirmar se de fato o WhatsApp não foi clonado é pedir um áudio ou então ligar para o telefone.

Como se proteger desses golpes pelo WhatsAPP

Uma possibilidade de proteção é a “configuração em duas etapas”. Esta configuração é simples e rápida de ser feita e pode te ajudar muito a impedir a invasões de criminosos ao seu número. A chamada “clonagem” de WhatsApp.

Anúncio