Anúncio

Uma mulher, de 25 anos, foi indiciada por mentir seu nome para os policiais, na madrugada desta segunda-feira (15), durante o toque de recolher, no bairro Vigilato Pereira, em Uberlândia.

De acordo com a PM, os militares estavam patrulhando na avenida Rondon Pacheco, por volta de 1h da manhã. Durante a vistoria, a equipe verificou os documentos do condutor e dos passageiros. Ao conversar com a jovem, a mesma falou que estava sem a identidade e passou um nome falso.

Anúncio

A diligência consultou sistema de verificação policial, e foi constado que o nome que a suspeita passou é inexistente, porém, a mesma insinuou que os PMs estavam cometendo um erro. Por conta da situação, foi perguntado sobre o endereço dela e a presente informou que residia no bairro Morada dos Pássaros.

Ao verificarem o endereço, os policiais descobriram que a autora mentiu novamente. Horas depois, um morador da região reconheceu a suspeita e confirmou que a mulher residia no bairro Quintas do Bosque.

Diante do informado, a diligência deslocou-se até o local e encontraram com a mãe da autora. A mãe confirmou que a jovem morava na casa e disse que a filha ocultou o nome por receio de ter um mandado de prisão em seu desfavor.

A autora,que tem passagens pelo sistema criminal, assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Ela ficará à disposição da Justiça para maiores esclarecimentos.

Anúncio