Acusado de matar adolescente é preso em Uberlândia após 32 anos foragido

Anúncio

O homem de 65 anos é acusado de ter assassinado uma jovem de 16 anos, na cidade de Luziânia (GO), no ano de 1988, durante uma discussão com a mãe da vítima

Foto: Polícia Civil / Divulgação

Um homem que estava foragido há mais de 30 anos foi preso em Uberlândia. A prisão foi feita pelo Serviço de Inteligência da 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil, após receber informações de que ele se encontrava escondido nesta cidade, estava com mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça de Goiás e começaram a investigar onde ele se encontrava. Na quinta-feira, dia 18, os investigadores identificaram a sua localização e efetuaram a prisão.

Anúncio


A.R.S, 65 anos, foi preso na Rua Antônio Pereira de Almeida, no bairro Morada Nova, e foi conduzido para o Presídio Professor Jacy de Assis – Uberlândia 1, onde permanece à disposição do Poder Judiciário goiano. Ele não resistiu à prisão e deu informações do que fazia em Uberlândia.


Segundo o delegado regional da 1ª DRPC de Uberlândia, Luciano Alves dos Santos, a polícia goiana já recebeu a comunicação da captura e deverá em breve recambiar o fugitivo.


O foragido é acusado de matar em Luziânia (GO) a estudante Rosilene Mendes Barbosa, 16 anos, no dia 4 de novembro de 1988, durante uma discussão entre ele e a mãe da vítima. De acordo com o processo-crime, o homicídio teria ocorrido por causa de uma briga entre o irmão de Rosilene e o filho do acusado. O acusado sacou de uma faca, avançou contra a mãe da jovem, e a vítima entrou na frente, sendo atingida com uma facada no peito.

O crime teria causado comoção na cidade, uma vez que Rosilene, segundo a denúncia oferecida pelo Ministério Público, além de estudante trabalhava como doméstica para ajudar no sustento de casa.