Quarta, 26 de Janeiro de 2022
25°

Muitas nuvens

Uberlândia - MG

Saúde e Bem-estar Praticamente

Praticamente esgotada a 1ª edição do livro: Eu e as emissoras de Rádio, do rádio-jornalista Hairton Dias

Praticamente esgotada a 1ª edição do livro: Eu e as emissoras de Rádio, do rádio-jornalista Hairton Dias

31/07/2015 às 13h43
Por: Adelino Júnior
Compartilhe:
Está praticamente esgotada a 1ª edição do livro: Eu e as emissoras de Rádio, do rádio-jornalista Hairton Dias, livro esse que conta como surgimento o rádio no mundo, no Brasil e nesta cidade, lançado nos meados do mês de junho desse ano. No livro o autor discorre sobre as suas experiências nas principais emissoras de rádio onde trabalhou e ao mesmo tempo presta homenagem aos seus companheiros de profissão, registrando a importância de cada um, há seu tempo, na radiofonia tijucana. “Estou muito feliz com a repercussão do meu livro junto a todas as camadas sociais de nossa cidade, nunca imaginei que esse simples livro pudesse alcançar o sucesso que está alcançando junto à população. Esse sucesso só pode estar vindo em função do papel que exerci no rádio durante os 38 anos que nele militei. Porque entendo, que não basta apenas o radialista usar o microfone de uma emissora de rádio é essencial que ele saiba usar bem esse microfone, levando aos seus ouvintes uma mensagem sadia, desprovida de qualquer sentimento particular, mas que seja uma mensagem de interesse público, colocando o rádio e seu programa a serviço da cidade, acima de seus interesses particulares, quando criticar o fazer com isenção de qualquer sentimento, que não seja o de interesse púbico. É por isso que acredito que o meu livro está fazendo sucesso, pois ele é o reflexo do trabalho profissional que realizei durante os 38 anos para fazer um rádio sadio, sério, informativo, altruísta, onde a população pudesse colher os frutos desse trabalho. O radialista ao falar no microfone de uma emissora deFormatFactoryCapa do livro rádio precisa ter conteúdo, só assim terá seu nome gravado para sempre na história radiofônica onde militou, mas acima de tudo na lembrança dos seus ouvintes e amigos”, disse Hairton. Segundo o autor, o livro foi doado a todos os radialista com quem teve o privilégio de trabalhar, as bibliotecas de todas as escolas municipais, estaduais, particulares e as escolas superiores. ABiblioteca Senador Camilo Chaves, aos seus companheiros da Fundação Cultural e também foram doados 150 livros ao Centro Espírita Seareiro de Jesus, mantenedor da Creche Pouso do Amanhecer e da Fundação Jerônimo Mendonça, para que a renda da venda seja destinada as obras assistenciais dessas entidades filantrópicas e humanitárias de Ituiutaba. Nesta oportunidade o autor do livro agradece a Fundação Cultural pelo apoio, sem o qual seria impossível ter lançado esse trabalho literário. Quem quiser adquirir o livro deve procurar o autor, na Fundação Cultural, onde trabalha, nohorário, das 13h às 17h, restam poucos exemplares.   Flávia Moreira
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.