Segunda, 23 de Maio de 2022
25°

Poucas nuvens

Uberlândia - MG

Saúde e Bem-estar Mais

Mais três nações-ilha detectaram casos de transmissão local do zika vírus

Mais três nações-ilha detectaram casos de transmissão local do zika vírus

28/02/2016 às 14h00
Por: Adelino Júnior
Compartilhe:

A OMS (Organização Mundial da Saúde) anunciou a detecção de casos de transmissão local do vírus da zika em mais três nações-ilha do Caribe e uma do Pacífico, elevando para 40 o número de países onde mosquitos transmitem o vírus.

Casos autóctones foram relatados em São Vicente e Granadinas, Trinidad e Tobago e Sint Maarten (porção holandesa de São Martinho), no Caribe. No Pacífico, as Ilhas Marshall passaram a ter transmissão local do vírus também.

Além dos 40 países com casos autóctones relatados entre 2015 e 2016, outros 6 têm suspeita de circulação do vírus, 5 tiveram surtos considerados encerrados e 1 tem suspeita de transmissão sem participação do mosquito.

A OMS afirma que casos de transmissão sexual estão sendo investigados nos EUA. A conta da organização ainda não inclui a Argentina, onde também há uma suspeita de transmissão sexual. Autoridades locais de outros 19 países afirmam, além disso, que já receberam casos importados de infecção por zika.

Microcefalia e Guillain-Barré Apesar da área coberta pelo vírus estar se ampliando no mundo, a ligação entre o zika e casos de microcefalia só parece ter sido aparente na Polinésia Francesa, onde o surto já se encerrou, e no Brasil.

Já a síndrome de Guillain-Barré, colapso nervoso que pode levar à paralisia, aumentou de incidência em oito países da América Latina onde o zika já possui transmissão autóctone.

Dois casos suspeitos de microcefalia associados ao zika já foram registrados fora do Brasil -- um no Havaí (EUA) e outro na Eslovênia -- ambos em bebês de pacientes que aparentemente contraíram o vírus na América Latina.

Fonte: Globo

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.