Quarta, 20 de Outubro de 2021
20°

Nevoa úmida

Uberlândia - MG

Saúde e Bem-estar 305

305 casos de H1N1 são investigados no país; 2 estão em Uberlândia

305 casos de H1N1 são investigados no país; 2 estão em Uberlândia

30/03/2016 às 17h05
Por: Adelino Júnior
Compartilhe:

A situação da saúde pública no Brasil é preocupante, além do mosquito da dengue, que também transmite o Zika vírus e a chikungunya, outro problema que preocupa as autoridades e a população é a gripe H1N1, que já atingiu 11 Estados e o Distrito Federal, totalizando até o dia 19 de março, 305 casos no país, de acordo com informações do Ministério da Saúde. Além disso, 46 mortes já foram confirmadas em decorrência do vírus H1N1. No ano passado, foram registrados 141 casos da doença, sendo que 36 pessoas vieram a falecer.

Em Uberlândia, dois casos estão sendo investigados. No último dia 10 de março, um adolescente de 16 anos veio a óbito. A suspeita era de que ele teria contraído o vírus H1N1, porém, após exames laboratoriais mais detalhados, a hipótese foi descartada. No ano passado, trinta e sete casos foram registrados e sete pessoas morreram em Uberlândia, com quadros clínicos de síndrome respiratória aguda, que são vários tipos de gripe, entre elas o vírus H1N1.

O ‘Dia D’, campanha nacional de vacinação contra a influenza, começa no dia 30 de abril em todo o Brasil e vai até 20 de maio, segundo o Ministério da Saúde.

A gripe H1N1, ou influenza A, é provocada pelo vírus H1N1 da influenza do tipo A. Ele é resultado da combinação de segmentos genéticos do vírus humano da gripe, do vírus da gripe aviária e do vírus da gripe suína, que infectaram porcos simultaneamente. O período de incubação varia de 3 a 5 dias. A transmissão pode ocorrer antes de aparecerem os sintomas. Ela se dá pelo contato direto com os animais ou com objetos contaminados e de pessoa para pessoa, por via aérea ou por meio de partículas de saliva e de secreções das vias respiratórias.

Prevenção
  • Lavar frequentemente as mãos com bastante água, sabão ou álcool em gel;
  • Jogar fora os lenços descartáveis usados para cobrir a boca e o nariz, ao tossir ou espirrar;
  • Evitar aglomerações e o contato com pessoas doentes;
  • Não levar as mãos aos olhos, boca ou nariz depois de ter tocado em objetos de uso coletivo;
  • Não compartilhar copos, talheres ou objetos de uso pessoal.
Sintomas

Os sintomas da gripe H1N1 são semelhantes aos causados pelos vírus de outras gripes: febre alta, acima de 38º, de início repentino; dor muscular, de cabeça, de garganta e nas articulações; irritação nos olhos; tosse; coriza; cansaço e inapetência. Em alguns casos, também podem ocorrer vômitos e diarreia.

Tratamento

É de extrema importância evitar a automedicação. O uso dos remédios sem orientação médica pode facilitar o aparecimento de cepas resistentes à medicação.

Fonte: Olha no Diário

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.