Segunda, 25 de Outubro de 2021
28°

Muitas nuvens

Uberlândia - MG

Saúde e Bem-estar Professoras

Professoras recebem material do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa

Professoras recebem material do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa

14/06/2013 às 15h18
Por: Adelino Júnior
Compartilhe:

 professoras

As professoras alfabetizadoras do 1°, 2°e 3° anos, receberam no dia 12 de junho, no Centro Municipal de Assistência Pedagógica e Aperfeiçoamento Permanente de Professores (CEMAP), os materiais enviados pelo Ministério da Educação para continuidade do curso Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC), que está sendo oferecido pela Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Lazer de Ituiutaba.

O curso, que terá uma duração de dois anos, possibilita a convicção de que a utilização do material nos momentos de formação e aplicação em sala de aula dos conteúdos disponibilizados, associado ao diálogo permanente com a equipe pedagógica da escola, em muito contribuirá para a melhoria e garantia dos direitos de aprendizagem e desenvolvimento dos estudantes e para a melhoria da qualidade do ensino público brasileiro e em especial na cidade de Ituiutaba.

O Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa é um compromisso formal assumido pelos governos federal, do Distrito Federal, dos estados e municípios de assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os oito anos de idade, ao final do 3º ano do ensino fundamental.

No Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, quatro princípios centrais serão considerados ao longo do desenvolvimento do trabalho pedagógico:

1. o Sistema de Escrita Alfabética é complexo e exige um ensino sistemático e problematizador;

2. o desenvolvimento das capacidades de leitura e de produção de textos ocorre durante todo o processo de escolarização, mas deve ser iniciado logo no início da Educação Básica, garantindo acesso precoce a gêneros discursivos de circulação social e a situações de interação em que as crianças se reconheçam como protagonistas de suas próprias histórias;

3. conhecimentos oriundos das diferentes áreas podem e devem ser apropriados pelas crianças, de modo que elas possam ouvir, falar, ler, escrever sobre temas diversos e agir na sociedade;

4. a ludicidade e o cuidado com as crianças são condições básicas nos processos de ensino e de aprendizagem.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Lázara Maria Moraes, ao longo do ano, os professores alfabetizadores participarão de vários encontros como esse e terão também o acompanhamento individualizado do desenvolvimento dos trabalhos em sala de aula pelas professoras formadoras do PNAIC. ”Participar dessas formações é interessante para os educadores, pois esses encontros possibilitam a troca de impressões com os outros colegas, e prepara o professor para acompanhar a evolução dos alunos e melhorar sempre sua prática em sala de aula”, afirma Lázara.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.