Terça, 28 de Junho de 2022
16°

Alguma nebulosidade

Uberlândia - MG

Saúde e Bem-estar Evasão

Evasão no ensino médio da EJA em 2016 é a menor registrada em Minas

Evasão no ensino médio da EJA em 2016 é a menor registrada em Minas

25/08/2016 às 16h11
Por: Adelino Júnior
Compartilhe:

Atualmente, mais de 90 mil estudantes fazem o ensino médio na EJA em Minas Gerais, que teve este ano a menor evasão escolar já registrada no estado. De 50.113 alunos enturmados nos 2º e 3º períodos do ensino médio da EJA em março, dos quais 49.773 são do turno noturno, apenas 799 deixaram de frequentar as salas de aula, o que representa 0,6% de evasão escolar.

Até o ano passado esta taxa ficava em torno de 35% a 40%. O índice era maior justamente na EJA da noite, no 2º e 3º período”, explica a superintendente de Ensino Médio da Secretaria de Estado de Educação (SEE), Cecília Resende.

Além da baixa evasão, houve um aumento de quase 20% no número de alunos enturmados no 2º período do ensino médio da EJA em agosto deste ano em relação a março, e de 0,19% no 3º. A quantidade de escolas oferecendo o ensino médio na EJA noturno também cresceu 4,5%.

Para a superintendente de Ensino Médio da Secretaria de Estado de Educação (SEE), Cecília Resende, a redução na evasão e o aumento do número de alunos se devem a diversas mudanças que foram implantadas este ano pela secretaria no ensino noturno.

Repensamos o ensino para quem trabalha em jornada integral, que é a realidade da maioria. Assim, as aulas passaram a ter 45 minutos de duração e o primeiro horário começa às 19h, ao invés de 18h. O aluno trabalhador consegue chegar à escola, e as aulas terminam um pouco mais cedo, às 22h15. Nossas escolas estão cheias”, comemora.

Em todo o estado, 1.391 escolas estaduais distribuídas pelos 17 territórios oferecem a modalidade Educação de Jovens e Adultos. As aulas têm 45 minutos e vão de 19h às 22h15. O ensino fundamental é dividido em quatro períodos, podendo ser concluído em dois anos. Já o ensino médio tem três períodos e é realizado pelo aluno em um ano e meio.

Se a educação é direito de todo cidadão, não importa a idade da pessoa e quando ela parou de estudar. Ela precisa ter a oportunidade de voltar para a sala de aula e receber um ensino de qualidade”, defende a superintendente de Ensino Médio da Secretaria de Estado de Educação (SEE), Cecília Resende.

A rede pública estadual oferece a EJA para os anos finais de ensino fundamental, a partir de 15 anos, e EJA do ensino médio a partir de 18 anos. Os cursos da Educação de Jovens e Adultos ofertados nas escolas estaduais são presenciais. Os conteúdos são trabalhados em períodos semestrais, e a oferta de vagas é feita no início de cada semestre.

Nos Centros Estaduais de Educação Continuada (Cesec) são ofertados cursos semipresenciais. Não exigem frequência diária obrigatória, possibilitando ao aluno flexibilidade quanto ao tempo para estudos e liberdade para fazer sua própria organização curricular. A matrícula pode ser efetuada a qualquer época do ano.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.