Domingo, 22 de Maio de 2022
13°

Alguma nebulosidade

Uberlândia - MG

Transformada

Transformada em presídio, cadeia de Itapagipe passa a receber presos de Campina Verde

Transformada em presídio, cadeia de Itapagipe passa a receber presos de Campina Verde

20/02/2017 às 16h14
Por: Adelino Júnior
Compartilhe:
[caption id="attachment_110385" align="aligncenter" width="640"] Foto: Reprodução/Alô Frutal[/caption] Desde 6 de fevereiro, a cadeia pública de Itapagipe foi elevada à categoria de presídio estadual. Deixou de ser responsabilidade das Polícia Civil e Militar e passou a ser administrada pela Superintendência Executiva de Administração Penitenciária (Seap). A partir de agora presos da Comarca de Campina Verde serão trazidos para Itapagipe.
A troca de comando, que está acontecendo em todo estado, implicou em novas regras. Mais rígidas. No primeiro dia, numa operação que contou com a participação de dezenas de agentes, todos os detentos foram retirados das celas. Uma vistoria rigorosa foi realizada. Foram encontrados e apreendidos arma artesanal, celulares e carregadores, e serras artesanais. Pertences pessoais dos presos também foram recolhidos e disponibilizados a seus familiares. Os apenados receberam então uniforme, colchão, cobertor, toalha, escova de dentes e produtos de higiene, de acordo com os padrões da Seap. As visitas estão suspensas e só devem ser retomadas na segunda semana de março. Neste período, os familiares que quesirem visitar algum detento precisa fazer novo cadastro e tirar sua carteirinha de visitante. Atualmente 62 pessoas cumprem pena no presídio: 40 homens e 4 mulheres em regime fechado, e outros 18 albergados. De acordo com declaração do Conselho Penal Comunitário (Copeco) publicada pelo Jornal Impacto, a unidade está superlotada e, por isso, o Conselho deverá iniciar uma campanha para construir outras duas celas, para poder abrigar os presos de Campina Verde. Via: Alô Frutal
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.