Quarta, 26 de Janeiro de 2022
25°

Muitas nuvens

Uberlândia - MG

Saúde e Bem-estar HSJ

HSJ e Comissão de Voluntários realizam campanha do Programa Saúde no Campo em Gurinhatã

HSJ e Comissão de Voluntários realizam campanha do Programa Saúde no Campo em Gurinhatã

24/05/2018 às 15h00
Por: Adelino Júnior
Compartilhe:
No último sábado, 19 de maio, das 8h às 11h30, a GL Leilões sediou mais uma etapa do Programa Saúde no Campo, desenvolvido pelo Hospital São José através da Comissão de Voluntários. Ao todo, cerca de oitenta produtores rurais foram atendidos pela equipe de Enfermagem e pelo médico urologista, Paulo Lérias, com suporte do Laboratório Pasteur. Para o coordenador de leilões da Comissão de Voluntários, sargento José Carlos Dantas, o evento atingiu seu objetivo, pois vários serviços foram realizados pelas equipes, como a aferição da pressão arterial, exame rápido de diabetes e inclusive o exame de próstata, com a participação de dezenas de produtores rurais. O diretor administrativo do Hospital São José, Cleuson de Oliveira, acompanhou de perto os trabalhos da Comissão de Voluntários e agradeceu especialmente o apoio que a classe rural presta à instituição, durante os leilões anuais em prol do HSJ. A Secretária Municipal de Saúde de Gurinhatã, Fabiana Nunes de Oliveira, participou ativamente. O prefeito de Gurinhatã, Wender Luciano de Araújo Silva, marcou presença e reafirmou seu compromisso com a instituição, juntamente coma primeira-dama e Secretária Municipal de Assistência Social, Meire Menezes. O anfitrião do evento, o empresário rural Delim José da Silva, com alegria cedeu o ambiente para que o Hospital São José pudesse realizar sua prestação de serviços às famílias rurais. Em linhas gerais, o médico Paulo Lérias enfatizou que durante a campanha fez uma orientação de rotina sobre os procedimentos de urologia, explicando aos produtores rurais sobre a necessidade da prevenção. “Realizamos os exames e tudo ocorreu acima da média que esperávamos. Fizemos o PSA e o exame físico da próstata, que é o toque”, ressaltou. Ele recomenda que, após os quarenta anos de idade, os homens façam anualmente o exame de próstata. “É fundamental, pois quem não faz essa prevenção pode ser surpreendido pela doença em uma fase ou estado já avançado, onde não tem o que fazer, às vezes somente medidas paliativas. E, se você faz frequentemente o exame da próstata, se a doença estiver no estado inicial, existe até noventa por cento de chance de cura.”
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.