Segunda, 18 de Outubro de 2021
26°

Nuvens esparsas

Uberlândia - MG

Saúde e Bem-estar Corpo

Corpo de Bombeiros e SAMU passam a contar com apoio da aeronave Arcanjo 6 para ocorrência complexas

Corpo de Bombeiros e SAMU passam a contar com apoio da aeronave Arcanjo 6 para ocorrência complexas

06/05/2019 às 08h10
Por: Adelino Júnior
Compartilhe:

O 2° Pelotão do Corpo de Bombeiros Militar de Ituiutaba e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU passaram a contar com o apoio do helicóptero Arcanjo 6 (modelo Esquilo B3) no atendimento às ocorrências complexas. A base aérea fica na 4ª Companhia do Batalhão de Operações Aéreas - BOA em Uberaba.

Em caso de necessidade, os militares poderão fazer o acionamento da equipe do Arcanjo 6, que conta inclusive com uma equipe de Suporte Avançado de Vida. Para se ter ideia, a aeronave já entrou em atuação no sábado, 27 de abril, quando uma jovem de 27 anos ficou gravemente ferida após a carreta em que ela estava tombar no KM 215 da rodovia BR-452, acidente que deixou a vítima presa às ferragens.

O helicóptero foi tripulado por uma equipe de militares, um médico e um enfermeiro do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), oferecendo assim um atendimento de excelência para a população mineira.

Os pedidos podem entrar via bombeiros que atendem cidades com e sem SAMU e diretamente pelo SAMU. Os casos são discutidos a partir da entrada com as duas instituições. Bombeiros realizam a parte dinâmica e de vôo, já o SAMU avalia condições de ato médico. A decisão é conjunta sobre os aspectos.

A expansão das operações aéreas faz parte do Planejamento Estratégico da Corporação para aumento no número de atendimentos e diminuição do tempo-resposta à população mineira. As aeronaves também possibilitam o transporte aeromédico inter-hospitalar de pacientes graves, que necessitam de tratamento em hospitais de referência que estão fora da sua região.

Assim, em um projeto conjunto construído pelo CBMMG e a Secretaria de Estadual de Saúde em 2012, tendo como parceiro estratégico o SAMU, vislumbra-se expandir o serviço chegando a ter seis bases aéreas de Suporte Aéreo Avançado de Vida (SAAV), distribuídas estrategicamente no estado. Por conseguinte, haverá a necessidade de aquisições de mais aeronaves.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.