Quinta, 28 de Outubro de 2021
26°

Poucas nuvens

Uberlândia - MG

Saúde e Bem-estar Um

Um dos bandidos mortos no Piauí após explosões em bancos usava documento falso e não é natural de Ituiutaba; entenda

Um dos bandidos mortos no Piauí após explosões em bancos usava documento falso e não é natural de Ituiutaba; entenda

06/05/2019 às 10h03
Por: Adelino Júnior
Compartilhe:

Oito homens foram mortos e outros cinco foram presos suspeitos de participar do assalto a duas agências bancárias que aconteceu no dia 30 de abril, na cidade de Campo Maior. As mortes aconteceram durante a tarde de domingo, 5 de maio. A Polícia Civil não divulgou a data em que aconteceram as prisões.

Os suspeitos foram mortos em confronto com a polícia na região da cidade de Cocal. De acordo com informações da Secretaria de Segurança do Piauí, a maioria é da cidade de Uberlândia (MG), no Triângulo Mineiro. Com ele os policiais encontraram uma pistola e um colete a prova de balas.

Na manhã do último domingo, 5 de maio, imagens relacionadas aos fatos foram disseminadas em grupos da rede social WhatsApp, sendo que no conteúdo foi divulgado um documento RG com a naturalidade de Ituiutaba, como sendo um dos mortos no confronto.

O Pontal em Foco apurou junto a assessoria de comunicação da Polícia Militar e verificou que na verdade trata-se de um documento falso que o criminoso portava no momento em que acabou alvejado e morto. O documento utilizado pelo criminoso continha o nome de um homem que na verdade é natural de Uberlândia e residente em Santa Vitória. A pessoa que teve seu nome envolvido injustamente no caso por conta do documento falso e da divulgação da imagens nas redes sociais e em portais de notícia, não possui sequer passagens pela polícia.

Portanto, não há envolvimento de tijucanos no fato ocorrido no estado do Piauí e o documento divulgado com tal informação é falso. Ainda conforme informações da PM, o autor em questão é na verdade natural da cidade de Uberlândia.

O caso

Subiu para oito o número de criminosos mortos em confronto com a polícia no Piauí, segundo o secretário de Segurança, Fábio Abreu. Policiais continuam operação em busca dos demais membros do grupo criminoso que explodiu dois bancos na cidade de Campo Maior na semana passada.

Na tarde do último domingo, seis criminosos foram mortos em confronto com a polícia. Cinco foram presos. Outros envolvidos no crime continuam escondidos na mata entre os municípios de Batalha e Barras. Foram apreendidos armamentos, carros e explosivos.

Participaram da ação policiais do GRECO, Diretoria de Inteligência da SSP-PI, Força Tarefa da SSP/PI, Polícias Civil e Militar de Campo Maior, Piracuruca, Piripiri, Barras, Batalha, RONE, BOPE, Divisão de Operações Especiais da PC-PI e COTAR do Ceará com apoio aéreo.

Suspeitos de assaltos a bancos em Campo Maior são mortos durante confronto com a polícia(Foto: Divulgação/SSP-PI)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.