Quarta, 20 de Outubro de 2021
20°

Muitas nuvens

Uberlândia - MG

Saúde e Bem-estar Homem

Homem de 22 anos é morto com disparos de arma de fogo em Uberlândia e PM é acionada quase uma hora após o crime; celular da vítima foi subtraído no local

Homem de 22 anos é morto com disparos de arma de fogo em Uberlândia e PM é acionada quase uma hora após o crime; celular da vítima foi subtraído no local

06/05/2019 às 11h16
Por: Adelino Júnior
Compartilhe:

A Polícia Militar em Uberlândia na tarde do último sábado, 4 de maio, por volta das 18h20, foi acionada para comparecer na Rua Simão Canenita, Bairro Maravilha, onde se encontrava uma vítima fatal de disparo de arma de fogo.

No local, foi possível que os militares apurassem o óbito tendo em vista a quantidade perdida de sangue, na localização de um dos disparos (região occipital), e o tempo demorado para que a notícia do fato fosse repassada para o serviço de emergência, posto que, conforme informado pelo proprietário de um bar nas proximidades, os disparos teriam ocorrido por volta de 17h35 e o serviço policial acionado por volta de 18h20.

As testemunhas que se encontravam com a vítima, Yuri Lucas Cruvinel Santos, de 22 anos, relataram ter chegado ao local uma motocicleta de cor escura e que o passageiro, que trajava roupas escuras, bem como capacete escuro, desceu da motocicleta, instante em que a vítima levantou-se de um sofá em que estava e tentou correr, contudo o autor já iniciou os disparos, alvejando a vítima que caiu ao solo.

A arma era possivelmente uma submetralhadora, do tipo "macaquinha" (pequeno porte e carregador longo). Estas testemunhas também não souberam explicar a demora no acionamento do serviço policial, alegando que ficaram temerosos e correram. Apesar de no momento do crime estarem presentes diversos clientes no local, ninguém soube informar dados exatos dos autores, quantidade de disparos ouvidos ou explicação para demora do acionamento do socorro.

O serviço de perícia, compareceu ao local para realizar os trabalhos, localizou três cápsulas deflagradas e quatro cápsulas intactas de munição calibre 9mm Ruger, bem como um projétil há alguns metros de distância, todos devidamente recolhidos pelo perito criminal. No corpo da vítima foram localizadas perfurações nas seguintes partes: cabeça, narina direita, ombro esquerdo e escápula direita, não sendo possível afirmar quais são os orifícios de entrada e saída.

O corpo foi removido ao IML. Importante frisar que, após os trabalhos periciais, familiares informaram que a vítima portava seu telefone celular já que, perto da hora do fato, havia postado em uma rede social, uma foto e o local em que estava.

Entretanto, tal aparelho telefone Iphone 8, cor preta, não encontrava-se junto ou próximo ao corpo e, tentado ligar para o aparelho, esse continuava chamando, mas não nas proximidades. Não é possível afirmar se foram os autores ou algum frequentador do estabelecimento que subtraiu o aparelho.

A PM informou que existem para a vítima passagens criminais relacionadas aos crimes de homicídio, tráfico de drogas, roubo e furto.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.