Sexta, 27 de Maio de 2022
18°

Alguma nebulosidade

Uberlândia - MG

Saúde e Bem-estar Como

Como conter a ansiedade na pandemia

Como conter a ansiedade na pandemia

19/03/2020 às 15h58
Por: Adelino Júnior
Compartilhe:
As epidemias costumam provocar pânico na população, principalmente quando não se tem conhecimento sobre a doença e essa situação pode abalar a saúde mental, ocasionando estresse e ansiedade. A ansiedade pode se manifestar de várias formas: nervosismo, agitação, estado de alerta; não conseguir pensar em outra coisa; necessidade de ver e ouvir constantemente informações sobre o contravírus; dificuldade para realizar tarefas diárias. Também é percebida em pessoas que apresentam dificuldade para dormir com preocupações persistentes com seus familiares sobre o seu estado de saúde. Se você já tem certa tendência a sofrer de ansiedade, esse pode ser um gatilho que te deixa mais ansioso ainda. Por isso a Organização Mundial da Saúde (OMS) publicou documento que ensina a preservar o bem-estar diante do pânico gerado pelo aumento de casos do corona vírus (chamado de Sars-Cov-2). Seguir essas dicas ajuda na prevenção da tomada de atitudes sem embasamento científico. Os pontos mais importantes desse documento são: • Não seja preconceituoso. • Não rotule os indivíduos atingidos. • Evite o bombardeio de informações. • Oriente as crianças e ensine a lidar com as emoções. • Tenha paciência com os idosos. Em períodos como este, de maior estresse, foque nas suas principais necessidades e envolva-se em atividades que você gosta e acha relaxante. Se exercitar (mesmo que em casa), colocar o sono em dia e comer alimentos saudáveis é uma boa. Apesar do isolamento físico, comunique-se com seus familiares e amigos via telefone ou por internet. Tenha cuidado com notícias sensacionalistas, filtre fontes confiáveis de informação e evite o excesso. Não se esqueça de que as autoridades de saúde pública e especialistas do mundo todo estão trabalhando continuamente para garantir os melhores cuidados aos afetados. Siga as recomendações e medidas de prevenção determinadas pelas autoridades sanitárias. Taís Muniz A psicóloga atende na galeria Vila Rica, situada na Avenida 13, entre Ruas 22 e 24, no 3° andar. O telefone para contato é o (34) 99678-7586. A profissional trabalha com os seguintes convênios: IPSM; IPSEMG; BRASIL MED; FRATARI; REDE MED e UNIMED. O agendamento de consultas também pode ser feito pelo telefone (34) 3261-4484.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.