Domingo, 26 de Junho de 2022
24°

Alguma nebulosidade

Uberlândia - MG

Saúde e Bem-estar Minas

Minas Gerais é campeã da Matemática pela sétima vez consecutiva

Minas Gerais é campeã da Matemática pela sétima vez consecutiva

03/12/2013 às 15h38
Por: Adelino Júnior
Compartilhe:

Estudantes mineiros conquistaram 1.601 medalhas na 9ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Pública

O resultado da 9ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) mostrou de novo o sucesso dos estudantes mineiros. Pela sétima vez consecutiva, os alunos de Minas Gerais conquistaram o topo do ranking, tanto em número total de medalhas, quanto em número de medalhas de ouro. De acordo com o site da Obmep, foram 149 ouros conquistados, 253 pratas e 1199 bronzes. Um total de 1601 medalhas, além de 9.146 menções honrosas.

Do total, 72,7% das medalhas mineiras foram para alunos da rede estadual. A secretária de Estado de Educação, Ana Lúcia Gazzola, acredita que esses resultados refletem uma melhoria na qualidade do ensino oferecido pelo Estado. “Isso mostra como estão consolidados e avançando os resultados de qualidade na rede estadual de educação básica. É um orgulho pra Minas Gerais que tenhamos tantos jovens talentos nas nossas escolas e tantos bons professores capazes de tirar de seus alunos o melhor de seu potencial e incentivá-los e motivá-los para que eles possam se destacar de tal maneira. Quero parabenizar a todos os professores que trabalharam com seus alunos e a todos os estudantes que competiram, independentemente de terem sido premiados ou não, porque o simples fato de terem competido já mostra que eles são destaque nas suas comunidades escolares”.

Em segundo lugar, ficou o estado de São Paulo, que conseguiu um total de 1.210 medalhas, sendo 109 de ouro, 183 de prata e outras 918 de bronze. Este ano, a Obmep distribuiu um total de 6.000 medalhas, sendo 500 de ouro, 900 de prata, 4600 de bronze, e até 46.200 certificados de Menção Honrosa.

Entre os muitos destaques de Minas, dois conseguiram alcançar um feito digno de nota na história das Olimpíadas: Noemi Zeraick Monteiro, da Escola Estadual Ana Dantas Motta, no município de Carvalhos e Jair Gomes Soares Júnior, da Escola Estadual Deputado Esteves Rodrigues, em Montes Claros. Ambos conquistaram a 7ª medalha na Obmep, o máximo que um estudante consegue alcançar, uma vez que a competição está aberta para estudantes de sete séries da educação básica (6º, 7º, 8º e 9º do ensino fundamental e 1º, 2º e 3º do ensino médio). Além de ser a sétima, a medalha tem um gosto especial, pois tanto para Jair, quanto para Noemi, foi de ouro.

Agência Rádio

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.