Saúde e Bem-estar CORONAVÍRUS

Prefeita de Ituiutaba anuncia acordo para aquisição de vacinas contra Covid-19 com o Instituto Butantan

Vacina Coronavac passa pelo procedimento de aprovação via Anvisa e poderá ter sua utilização emergencial aprovada nos próximos dias

12/01/2021 21h55
Por: R. A. C. O.
Prefeita de Ituiutaba anuncia acordo para aquisição de vacinas contra Covid-19 com o Instituto Butantan

Na noite desta terça-feira, 12, a prefeita Leandra Guedes informou, via redes sociais, informou que a Prefeitura de Ituiutaba fechou um contrato de intenção de compra de vacinas contra Covid-19 com o Instituto Butantan, em São Paulo, fabricante da Corovac, que passa pelo procedimento de aprovação via Anvisa. Assista abaixo na íntegra!

Leandra afirmou que as negociações ocorreram nos últimos dez dias diretamente com um dos diretores do instituto. A vacina, após vários estudos e testes, demonstrou eficácia global de 50,38%, percentual aceitável pela agência reguladora.

Mais informações serão repassadas posteriormente pela secretária de Saúde Sandra Barbosa.

A taxa de eficácia geral é o principal indicador medido pelo estudo da Coronavac (o chamado desfecho primário), segundo protocolo da pesquisa. Embora inferior à primeira taxa divulgada, o índice de 50,4% não deve impedir a aprovação do imunizante pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que exige eficácia mínima de 50%.

Na quinta-feira passada, dia 7, a gestão João Doria (PSDB) afirmou que o imunizante tem 78% de eficácia contra casos leves da doença e 100% contra os quadros graves e moderados. Mas, como já dito, os dados referem-se só a um recorte do estudo. A eficácia geral, principal indicador da pesquisa e que considera toda a amostra de voluntários, não foi revelada e ficaria em patamar inferior, segundo disse à reportagem o infectologista Esper Kallas. Professor da USP, ele é coordenador do centro da pesquisa da Coronavac no Hospital das Clínicas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.