Saúde e Bem-estar ENTREVISTA

Prefeita de Ituiutaba afirma que vacina poderá chegar ainda em janeiro

Documento de intenção de compra, firmado com o Instituto Butantan, foi divulgado por Leandra Guedes na noite de ontem e prevê aquisição de cem mil doses

13/01/2021 13h35 Atualizada há 3 dias
Por: R. A. C. O.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

No início da tarde desta quarta-feira, 13, a prefeita de Ituiutaba concedeu entrevista exclusiva ao Regionalzão, conduzida pelo diretor Adelino Júnior, onde a chefe do Executivo falou sobre diversos assuntos, entre eles, o contrato de intenção de compra de cem mil doses da vacina contra a Covid-19, produzida pelo Instituto Butantan, em São Paulo. A entrevistada afirmou que o documento assinado por ela e por um dos diretores do instituto prevê que as doses comecem a chegar ainda no mês de janeiro, conforme o avanço dos estudos e testes, bem como da avaliação feita pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA, que poderá liberar o uso emergencial do imunizante nos próximos dias. Assista no vídeo abaixo!

Continua depois da publicidade

Leandra explicou que ela e sua equipe fizeram questão de agir com antecedência para firmar o acordo com o instituto para garantir aos tijucanos o acesso ao imunizante de forma mais ágil. A intenção é agir em paralelo às ações desempenhadas pelos governos nas esferas estadual e federal para, o quanto antes, disponibilizar a vacina à população.

A prefeita também voltou a ressaltar a importância do apoio da população nesse momento de agravamento da crise, com mais casos da doença e maior número de pacientes hospitalizados, principalmente, através de denúncias sobre desrespeito às regras de distanciamento social. O recebimento e apuração de denúncias sobre a Covid-19, em Ituiutaba, é feito através dos telefones: (34) 99859-4344; (34) 99781-4959; (34) 99856-4546 e (34) 99776-4647.

Continua depois da publicidade

Para mais informações sobre Ituiutaba, clique aqui!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.