Quinta, 09 de Dezembro de 2021
17°

Alguma nebulosidade

Uberlândia - MG

Saúde e Bem-estar Anastasia

Anastasia faz balanço das ações do Governo durante as chuvas e determina prontidão dos órgãos

Anastasia faz balanço das ações do Governo durante as chuvas e determina prontidão dos órgãos

31/12/2013 às 09h49
Por: Adelino Júnior
Compartilhe:
  anastasia-faz-balanco-das-acoes-do-governo-do-estado-durante-as-chuvas-e-determina-que-orgaos-continuem-de-prontidao O governador Antonio Anastasia convocou, nesta segunda-feira (30/12), em Belo Horizonte, reunião com os principais órgãos de Governo envolvidos nas ações para minimizar os danos causados pelas chuvas que atingiram o Estado nas últimas semanas. Durante o encontro, Anastasia recebeu um balanço dos estragos causados, das ações que têm sido realizadas para ajuda aos municípios atingidos e determinou que as entidades continuem atentas e de prontidão para atender às necessidades dos locais mais afetados. A região Leste do Estado foi a mais afetada até agora nesse período chuvoso. “Felizmente, sob o ponto de vista meteorológico, as chuvas diminuíram muito, o Rio Doce está baixando, os demais rios na região também estão baixando. Inicia-se agora um trabalho já de limpeza das cidades. O restabelecimento de água potável, energia, toda essa parte emergencial, humanitária, de assistência está feito, está em curso pela Defesa Civil do Estado. Houve reunião no sábado em Governador Valadares, coordenada pela nossa Defesa Civil, com representantes dos municípios, com o objetivo exatamente de ajudá-los na questão dos documentos para solicitar os recursos federais”, afirmou Anastasia em entrevista coletiva à imprensa. O governador destacou que os prejuízos ocorridos nas estradas estaduais, principalmente as vicinais, já ultrapassaram os R$ 35 milhões. O Governo do Estado está fazendo agora um levantamento geral desses estragos e das intervenções que vão precisar ser feitas e vai solicitar ajuda financeira do Governo Federal para a reconstrução de alguns trechos. Ao mesmo tempo, Anastasia fez um apelo aos moradores das áreas de risco de todo o Estado para que fiquem atentos aos avisos das Coordenadorias Municipais de Defesa Civil. O objetivo principal é a preservação da vida. “Peço que as pessoas, especialmente nas áreas de risco, tenham muita atenção, fiquem atentadas aquilo que é anunciado pela Defesa Civil municipal para fugir dessas áreas de risco que é onde ocorre o lado mais perigoso. Lamentavelmente a maior parte dos óbitos vem de áreas de risco”, reiterou o governador. Linha de crédito do BDMG Durante a coletiva, Anastasia afirmou que está determinando agora ao Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) que abra uma linha de crédito especial para atender os empresários que tiveram prejuízos decorrentes das chuvas na região do Leste de Minas. “Solicitei ao BDMG, para imediatamente, já ainda nessa semana, disponibilizar em Governador Valadares uma unidade para a linha de crédito para os empresários que tenham tomado prejuízo com as chuvas, para receber uma linha de crédito especial com o objetivo deterem também recursos para orestabelecimento dos seus negócios”, finalizou. Reestabelecimento da normalidade Após as fortes chuvas, o trabalho de limpeza nas cidades atingidas já foi iniciado e técnicos da Defesa Civil trabalham em regime de prontidão. A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) está com técnicos trabalhando na região do Leste de Minas e conta com o auxílio de um helicóptero para socorro. O coordenador estadual da Defesa Civil e chefe do Gabinete Militar do Governador, coronel Luis Carlos Martins, reafirmou a atenção e o cuidado que a Cedec vem dando a todas as regiões do Estado. “Temos a perspectiva de uma nova frente fria a partir de amanhã em Minas Gerais que vai afetar a região do Sul, Oeste, a região Central do Estado e o Triângulo Mineiro, mas com chuvas de baixa intensidade. De qualquer forma, temos que pensar o Estado como um todo. Essa é a orientação do governador e da Defesa Civil. Os alertas são emitidos para todo o Estado, desde que haja necessidade, para que a gente possa dotar os municípios das informações necessárias para que a comunidade saiba o que está para acontecer”, disse o coronel. Apoio do Governo de Minas A Cedec já fez a doação de 80 toneladas de alimentos, 5.800 colchões, 5.260 cobertores, 1.664 telhas, 3.720 kits de produtos de higiene pessoal, 250 kits de limpeza, 510 roupas e 47 rolos de lona para a população de mais de 50 cidades mineiras. Os municípios contam com o apoio permanente da Cedec. Em 2004, dos 853 municípios mineiros, apenas 374 possuíam Coordenadorias Municipais. Atualmente, o Estado possui 713 municípios com Comdecs constituídas. Além dos cursos para agentes municipais, a Cedec disponibiliza suporte técnico às Comdecs. Para integrar as ações junto aos municípios mineiros, a Diretoria de Ensino em Defesa Civil realizou, no período de 2004 a 2013, um total de 260 cursos de capacitação em todas as regiões do Estado, com um total de 9 mil alunos. O Governo de Minas conta com 11 depósitos avançados, contemplando todas as regiões do Estado. Os depósitos disponibilizam materiais de ajuda humanitária para atendimento e apoio ao período chuvoso. Registro de danos Ao todo, 101 cidades foram atingidas pelas chuvas até essa segunda-feira (30/12), sendo que 51 decretaram situação de emergência, com um total de 22 mortes. Em todo o Estado, 150 pessoas ficaram feridas, 3.015 desabrigadas e 9.205 desalojados. Foram destruídas 253 casas e outras 7.729 foram danificadas. Em relação a obras de infraestrutura, 330 foram danificadas e 224 destruídas. Também participaram da reunião, representantes do Corpo de Bombeiros, do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e secretarias de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana (Sedru) e Geral da Governadoria.Agência Minas
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.