Segunda, 26 de Julho de 2021
(34) 99843-3789
Geral Minas Gerais

Governo de Minas capacita profissionalmente 1,4 mil pessoas no Vale do Mucuri

Formações destinadas à inclusão produtiva contemplaram população em situação vulnerável de 16 municípios 

21/07/2021 15h10
Por: Redação Fonte: Secom Minas Gerais
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Projeto Trajeto Renda, uma das linhas do Programa Percursos Gerais, da  Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), destinado a promover a inclusão produtiva, formou, nesta semana, 1,4 mil pessoas em diversos cursos de capacitação e de orientação profissional. As formações abordaram as áreas de empreendedorismo, vendas, agricultura familiar, agente cooperativista e assistente administrativo. 

As atividades foram concluídas na última segunda-feira (19/7), com uma live de encerramento que contou com as participações do subsecretário de Trabalho e Emprego da Sedese, Raphael Vasconcelos, e do superintendente de Integração, Henrique Carvalho.

Os cursos, destinados a pessoas em situação de vulnerabilidade cadastradas no CadÚnico, foram promovidos em 16 municípios do Vale do Mucuri, na modalidade de Ensino a Distância, entre maio e julho. As capacitações foram divididas em duas modalidades, sendo as com carga horária de 12h para orientação profissional, ligadas a empreendedorismo coletivo, individual e gestão, e as de 40h para os cursos de formação profissional. 

“Acreditamos que as capacitações possam contribuir para o conhecimento dessas pessoas para que, no futuro, tenham uma evolução do seu negócio, do grupo produtivo e possam gerar a própria renda”, avalia o diretor de Geração de Renda e Economia Popular Solidária da Sedese, Matheus Fernandes Nascimento. 

A salgadeira Juliana Ribeiro, do município de Ataleia, participou das formações de Empreendedorismo e de Administração. “O empreendedorismo já está na minha vida, mas os cursos foram muito mais enriquecedores para aprender mais sobre como administrar a minha empresa, sobre os tipos de empreendedorismo e a economia solidária”, destaca.

Já Amanda Melo, moradora de Fronteira dos Vales, fez o curso de Processo Seletivo. “O módulo que mais gostei é o que fala sobre empreendedorismo. Pude analisar a necessidade de ter foco, de ter visão de negócio, planejamento e valores. Quero trabalhar na área de vendas e, com base no que foi exposto, poderei adaptar e melhorar o meu negócio em relação à realidade da minha cidade. Gostei muito do Projeto Trajeto Renda e aguardo novas oportunidades”, conta.

O projeto segue até dezembro com as etapas de assessoramento para a produção e comercialização.  Confira aqui o depoimento de participantes das capacitações.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.