Segunda, 18 de Outubro de 2021
20°

Nuvens esparsas

Uberlândia - MG

Saúde e Bem-estar Mais

Mais de 2,2 milhões de alunos iniciarão os estudos nesta segunda-feira

Mais de 2,2 milhões de alunos iniciarão os estudos nesta segunda-feira

03/02/2014 às 10h26
Por: Adelino Júnior
Compartilhe:
volta-as-aulas-2014-mais-de-22-milhoes-de-alunos-iniciarao-as-aulas-na-rede-estadual-na-proxima-segunda-feira Nesta segunda-feira (03/02), cerca de 2,2 milhões de estudantes iniciarão o ano letivo 2014 na rede estadual de ensino. Nas 3.670 escolas estaduais, educadores e alunos voltam a firmar a parceria com foco no aprendizado. Entre os destaques pedagógicos que irão contribuir para o bom desempenho dos estudantes está a universalização do Reinventando o Ensino Médio, que chegará a todas as 2.211 escolas de ensino médio da rede estadual.  A iniciativa, que busca ressignificar os três últimos anos da educação básica por meio de um percurso mais individualizado, com disciplinas voltadas às áreas de empregabilidade, tutoria, temas transversais e atividades extraclasse e extraescolar, será vivenciada por cerca de 340 mil estudantes. “A nossa expectativa é a melhor possível. Com as áreas de empregabilidade, nós estamos apostando na atratividade do ensino médio. O aluno verá a importância do estudo da Matemática, da Geografia, da História, porque com as áreas de empregabilidade, nós vamos trabalhar muito de forma integrada. O aluno passará a ver significado em questões como a importância do estudo da Matemática para a área de Tecnologia da Informação e Empreendedorismo e Gestão”, explica a subsecretária de Desenvolvimento da Educação Básica, Raquel Elizabete de Souza Santos. Com o Reinventando, a carga horária para os três últimos anos da educação básica passa de 2.500 para 3.000 horas/aulas. São incorporadas no currículo áreas de empregabilidade que aproximam o estudante do mundo do trabalho. No ano passado, cada escola, junto à sua comunidade escolar, definiu as três áreas de empregabilidade, entre as cinco oferecidas pela Secretaria de Estado de Educação (SEE). São ofertadas pela SEE as áreas de Comunicação Aplicada, Empreendedorismos e Gestão, Meio Ambiente e Recursos Naturais, Tecnologias da Informação e Turismo. Entre as escolas que iniciarão a oferta do Reinventando o Ensino Médio em 2014 está a Escola Estadual Doutor Benedito Leite Ribeiro, em Guaxupé, no Sul de Minas. Na escola, as três áreas de empregabilidade a serem ofertadas são: Comunicação Aplicada, Empreendedorismo e Gestão e Meio Ambiente e Recursos Naturais. De acordo com diretor da escola, Ernani Torres Pereira, a iniciativa, além de estimular os alunos nos estudos, vai de encontro à realidade local. “Os alunos que foram matriculados estão muito ansiosos na perspectiva de aprender bastante com as áreas de empregabilidade. As nossas três áreas foram escolhidas a dedo. A de Recursos Naturais é porque nós estamos em uma região agrícola e muitos alunos moram em área rural, a de Empreendedorismos e Gestão, porque Guaxupé emprega muito no comércio e em Comunicação Aplicada, a oferta também é grande”, avalia o diretor. Experiência de sucesso O Reinventando o Ensino Médio já é uma realidade em 133 escolas da rede estadual distribuídas em todas as regiões do Estado. Antes da universalização, a iniciativa foi implantada em forma de piloto. A primeira fase ocorreu em 2012, quando 11 escolas da região Norte de Belo Horizonte foram contempladas. Em 2013, o Reinventando foi ampliado para mais 122 escolas. A Escola Estadual Professora Inês Geralda de Oliveira, em Belo Horizonte, foi uma das primeiras a participarem do Reinventando. Em 2014, os mais de 90 alunos das primeiras turmas concluirão o ensino médio. “Tenho observado que houve uma mudança. Os meninos que chegaram ao 3º ano agora estão mais comprometidos. As atividades diferenciadas ajudaram ‘abrir a cabeça’. A diferença é que agora os alunos enxergam na prática a possibilidade de trabalharem aquilo que estão estudando. A escola cresceu e se desenvolveu, não só alunos, mas os professores também, porque tiveram a oportunidade de se capacitarem”, avalia o diretor da escola, Frederico Maximiliano Vieira dos Santos. Atualmente, a escola conta com cerca de 250 alunos nos três últimos anos da educação básica. Calendário escolar Em virtude da Copa do Mundo a ser realizada no Brasil, a Secretaria de Estado de Educação elaborou um calendário escolar adaptado para 2014.  O mundial, que terá Belo Horizonte como uma das sedes, ocorrerá entre 12 de junho e 13 de julho. Nesse mesmo período será recesso na rede estadual. Para não haver prejuízo das atividades letivas das escolas, o calendário concentrou nesse período do ano a maior parte dos recessos escolares previstos pela a Lei 7.109, que contém o Estatuto do pessoal do magistério público do Estado de Minas Gerais. De acordo com a legislação, os professores devem ter 30 dias de férias consecutivos e 30 dias alternados, segundo o que dispuser o órgão próprio do Sistema. As escolas já formularam o seu calendário escolar, garantindo aos estudantes o mínimo de 200 dias letivos, conforme estabelecido pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. O ano letivo de 2014 terminará no dia 19 de dezembro. Avaliações educacionais Esta prevista para até o mês de março, a divulgação dos resultados do Programa de Avaliação da Alfabetização (Proalfa) e Programa de Avaliação da Rede Pública de Educação Básica (Proeb), ambos aplicados em 2013. As próximas aplicações do Proalfa e do Proeb estão previstas para o final de outubro. De acordo com os últimos resultados do Proalfa divulgados, referentes às avaliações aplicadas em 2012, 87,3% dos alunos do 3º ano do ensino fundamental avaliados da rede estadual atingiram o nível adequado de letramento (capacidade de ler, escrever, interpretar textos e fazer síntese). O nível de conhecimento em Português e Matemática dos alunos da rede estadual de educação de Minas está em evolução. Os avanços são confirmados pelos resultados da última edição do Proeb, também referente ao ano de 2012. O percentual de estudantes que alcançaram o chamado patamar recomendável, o mais alto padrão de desempenho, cresceu em relação a 2011, assim como a proficiência obtida pelos alunos de todos os níveis avaliados em cada uma das disciplinas. Este ano também deve ser divulgado o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), do Ministério da Educação. De acordo com os últimos resultados, divulgados em 2012, a rede estadual mineira está entre as melhores do país em todos os níveis avaliados. Nos anos iniciais do ensino fundamental, Minas é a 1ª colocada entre todas as redes estaduais de ensino; nos anos finais é a 2ª e no Ensino Médio sustenta a 3ª posição entre as redes estaduais. Obmep De acordo com a programação da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), as inscrições para a 10ª edição do torneio começarão no dia 10 de fevereiro, na página da Obmep. As provas da primeira fase serão aplicadas no dia 27 de maio. Já a segunda etapa da competição ocorrerá no dia 13 de setembro. Na edição passada, Minas Gerais contou com quase dois milhões de alunos inscritos e conquistou, pela sétima vez consecutiva, a liderança no ranking de medalhas da Olimpíada.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.