Quarta, 26 de Janeiro de 2022
20°

Trovoada

Uberlândia - MG

Saúde e Bem-estar Cruzamento

Cruzamento entre a BR-153 e BR-365 passará por obras em MG

Cruzamento entre a BR-153 e BR-365 passará por obras em MG

05/02/2014 às 10h14
Por: Adelino Júnior
Compartilhe:
[caption id="attachment_29868" align="aligncenter" width="600"]trevao1 Acidentes na região aumentaram em 52%[/caption] O cruzamento entre a BR-153 e BR-365, conhecido como ‘Trevão’ de Monte Alegre de Minas e considerado um dos trechos mais perigosos no Triângulo Mineiro, passará por obras que prometem acabar com uma estatística preocupante. Dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF) revelaram que os acidentes, em 2013, aumentaram 52%. O investimento será mais de R$ 36 milhões. A previsão do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) é que a construção dos viadutos comece em até 60 dias e que toda obra seja concluída em um ano e meio. A construção inclui ainda pontes próximas ao entroncamento das duas rodovias. Pelo projeto do Dnit, o canteiro circular não vai mais existir e no lugar do gramado serão construídas duas pistas dando sequência à duplicação da BR-365 do km 707 ao km 710, trecho que fica entre o Trevão de Monte Alegre de Minas e Ituiutaba. Também serão construídos dois viadutos ou um viaduto duplicado. A estrutura de quase seis metros de altura ficará suspensa na BR-365 e dará continuação da BR- 153, que liga São Paulo a Goiás. "Não haverá mais o problema em nível deste conflito das quatro rampas de saída. Isso permite ao usuário uma segurança e uma melhor disciplina, pois os avisos vão orientar os motoristas", disse o engenheiro do Dnit, José Maria Cunha. [caption id="attachment_29867" align="aligncenter" width="600"]trevao Moradores devem ser realocados[/caption] Desapropriação Por causa das obras, quase 30 famílias que vivem em uma comunidade às margens da pista terão que deixar o local. "Será ruim, porque vamos ter que mudar e pagar aluguel", disse Vitória Madalena Silva, dona de casa. Ainda segundo o engenheiro, parte das famílias serão realocadas. "Até onde sabemos, elas estão vinculadas à área da propriedade do dono de um posto de combustíveis que fica no Trevão. A escola que também está no local também deve sofrer mudanças", concluiu.
Fonte: G1
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.