Quinta, 09 de Dezembro de 2021
16°

Alguma nebulosidade

Uberlândia - MG

Ocorrências Operação Libertas

Ex-vereadora Pâmela Volp e filha dela estão presas por suspeita de exploração sexual contra travestis e transsexuais

As duas prestaram depoimento e estão no presídio de Uberlândia; uma terceira suspeita também foi presa durante ação do Gaeco

09/11/2021 às 22h05
Por: Fernando Natálio
Compartilhe:
Foto: MPMG
Foto: MPMG

A ex-vereadora Pâmela Volp e a filha dela, Paula Volp, foram presas provisoriamente durante a Operação Libertas, deflagrada na segunda-feira (8), em Uberlândia, pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). Elas são suspeitas de exploração sexual contra travestis e transsexuais.

Resultado do trabalho em conjunto feito pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), de Uberlândia, e a 18ª Promotoria de Justiça de Uberlândia, a ação investigativa visa combater associação criminosa voltada a estabelecer o monopólio da exploração sexual de travestis e transsexuais na cidade e região. O grupo é suspeito de atuar mediante a utilização de graves ameaças e lesões corporais contra quem tenta praticar a prostituição de forma independente. 

Na operação, que contou com a participação da Polícia Militar (9ª RPM), por meio do empenho de 60 policiais para cumprimento das diligências, também foi presa Lamar Bionda, uma terceira suspeita de fazer parte da organização criminosa na cidade. 

Pâmela Volp e a filha dela, Paula Volp, e Lamar Bionda estão presas no presídio de Uberlândia I à disposição da Justiça. As duas primeiras prestaram depoimento na segunda-feira. A terceira também irá depor nesta semana. 

O grupo também é suspeito de financiar procedimentos estéticos realizados clandestinamente e de forma ilegal. Uma morte de uma transsexual, de 20 anos, que foi a óbito após colocar silicone supostamente com auxílio da organização, é investigada. 

DINÂMICA DO ESQUEMA

Segundo o Gaeco informou, a suspeita é que Pâmela e Lamar eram as responsáveis pelos pontos de prostituição de travestis e transsexuais na cidade e Paula gerenciava a parte financeira do esquema, que cobrava das travestis e transsexuais R$ 50 pelo ponto de prostituição, assim como os custos por moradia, alimentação e aplicação de próteses mamárias. Esse mecanismo, muitas vezes, endividava as travestis e transsexuais, impedindo a saída delas do esquema. 

Além disso, de acordo com as investigações, existia um intercâmbio de travestis com a cidade de Criciúma, no estado de Santa Catarina. E a colocação de silicones ocorria, em alguns casos, em São Paulo (SP).

APREENSÕES

Durante as prisões, foram apreendidos R$ 106 mil em dinheiro na casa de Pâmela Volp, além de um caderno com informações sobre o esquema. Também foram encontrados dois carros de luxo, que custam quase R$ 1 milhão somados. 

O Regionalzão não conseguiu contato com a defesa das três pessoas suspeitas que foram presas. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Uberlândia e região - MG
Uberlândia e região - MG
Sobre o município Acompanhe as principais notícias de Uberlândia e de cidades do centro do Triângulo Mineiro: Araguari, Araporã, Canápolis, Cascalho Rico, Centralina, Indianópolis, Monte Alegre de Minas, Prata e Tupaciguara.
Uberlândia - MG Atualizado às 07h03 - Fonte: ClimaTempo
16°
Alguma nebulosidade

Mín. 17° Máx. 30°

Sex 32°C 18°C
Sáb 33°C 20°C
Dom 32°C 20°C
Seg 26°C 19°C
Ter 29°C 23°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete