Quinta, 27 de Janeiro de 2022
23°

Poucas nuvens

Uberlândia - MG

Brasil e Mundo Covid-19

Ministério da Saúde confirma cinco casos da variante Ômicron no Brasil

Pasta informa que há outros oito casos sob investigação, sendo um deles em Minas

02/12/2021 às 18h01
Por: Fernando Natálio
Compartilhe:
Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

O Ministério da Saúde confirmou, nesta quinta-feira (2), cinco casos da variante Ômicron do coronavírus no Brasil. Três foram em São Paulo e dois no Distrito Federal. São quatro homens e uma mulher, todos vacinados contra a Covid-19

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, os cinco pacientes estão isolados e pelo menos um apresenta sintomas leves. A maioria está assintomática.

De acordo com a pasta, há ainda oito casos da variante em investigação no país: seis no Distrito Federal, um no Rio de Janeiro e um em Minas Gerais - uma mulher, de 33 anos, que passou pelo Congo (África) e está internada em Belo Horizonte, no Hospital Eduardo de Menezes.

“Hoje, temos uma situação sanitária bem mais equilibrada, mas lidamos com a imprevisibilidade biológica desse vírus, que sofre mutações. A vigilância em saúde está atenta e atuante pra que essas variantes sejam identificadas e pra que se avalie o potencial dessa variante complicar o cenário pandêmico”, disse o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

OS CASOS

Os três primeiros casos da variante ômicron foram confirmados no início desta semana. Exames realizados pelo Instituto Adolfo Lutz confirmaram os resultados positivos para a nova cepa do coronavírus no país. De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo, os dois primeiros casos confirmados foram de um homem, de 41 anos, e de uma mulher, de 37, provenientes da África do Sul. O terceiro caso foi o de um homem, de 29 anos, vindo da Etiópia. Todos os três foram identificados no estado de São Paulo.

Nesta quinta-feira (2), no início da tarde, foram confirmados os outros dois casos da variante no país. Ambos no Distrito Federal. De acordo com a Secretaria da Saúde do Distrito Federal, exames laboratoriais comprovaram a infecção.

Os dois pacientes, com idades entre 40 e 49 anos, estiveram na África do Sul recentemente. Eles chegaram ao Brasil em um voo que desembarcou em Guarulhos (SP) no dia 27 de novembro. Em seguida, eles foram para Brasília (DF). 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.