Terça, 28 de Junho de 2022
16°

Alguma nebulosidade

Uberlândia - MG

Saúde e Bem-estar Prevenção

Saiba quais vacinas são necessárias para aproveitar as férias

Entre os imunizantes recomendados pela Anvisa estão: gripe, febre-amarela, tríplice viral, hepatites A e B

20/06/2022 às 14h00
Por: Gabriele Santos
Compartilhe:
Foto: Reprodução / Pixabay
Foto: Reprodução / Pixabay

As férias escolares do meio do ano estão chegando e especialistas aconselham colocar o cartão de vacinação em dia. Alguns estados brasileiros, assim como países do exterior, exigem a apresentação da caderneta de imunização atualizada para determinadas doenças imunopreveníveis, a fim de evitar a transmissão de enfermidades.

Entre os imunizantes recomendados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para proteção nas viagens estão: gripe; febre-amarela; Hepatites A e B; rotavírus, pentavalente, Tétano, Difteria, Tríplice Viral, entre outras. 

“Em casos de viagem, o ideal é tomar as vacinas com antecedência para que o organismo esteja protegido antes da viagem. A Hepatite A, por exemplo, precisa de duas doses com um intervalo de um mês. Já a da febre amarela precisa ser tomada em até 10 dias antes da viagem”, explica Claudilson Bastos, infectologista do Grupo Sabin.

Atenção ao destino

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), as vacinas salvam a vida de mais de 3 milhões de pessoas anualmente. Por isso, além de proteger o turista, a vacina resguarda a população local. “A imunização é um meio do país de destino se precaver de visitantes estrangeiros que possam levar doenças para o seu território", explica Carlos Eduardo Pereira, Diretor Executivo da Bancorbrás Turismo. 

Por isso, sem as devidas vacinas o viajante corre o risco de não embarcar. Há países na América do Sul e em outros continentes que solicitam também o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP).

Para o executivo, a atenção precisa ser maior para os destinos internacionais: “O Certificado Internacional de Vacinação deve estar em mãos no momento do embarque. É obrigatório, mesmo em casos de escala e caso o país exija, estar com suas vacinas em dia”, comenta o Diretor.

Covid-19

Alguns destinos nacionais e internacionais exigem a vacinação contra o SARS-CoV-2 para entrada e apesar de não existir uma normativa internacional publicada, grande parte dos países estão aceitando o Certificado Nacional de Vacinação contra a COVID-19, emitido pelo Ministério da Saúde, como comprovante.

Na Europa, brasileiros vacinados contra a covid-19 podem entrar em 44 países sem restrições. Apenas 5 países ainda adotam pré-requisitos para a entrada de brasileiros, como resultado negativo para doença. São eles: Grécia, Lituânia, Portugal, Rússia e Sérvia.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.