Domingo, 23 de Janeiro de 2022
23°

Alguma nebulosidade

Uberlândia - MG

Saúde e Bem-estar Soldador

Soldador é assassinado a tiros em frente sua residência

Soldador é assassinado a tiros em frente sua residência

02/07/2014 às 13h05
Por: Adelino Júnior
Compartilhe:
[caption id="attachment_37810" align="alignnone" width="640"]DSC_0041 Foto: Reprodução / Diário do Triângulo[/caption] ITURAMA - Um homem de 35 anos foi baleado e morto na frente da residência onde morava com familiares. Dois menores suspeitos de praticar o crime foram localizados pela PM e conduzidos para a delegacia. O soldador José Fernando Samuel da Silva, 35 anos, foi assassinado por volta das 17:20 Hrs desta terça-feira (01/07), na Rua José Carneiro, esquina com a Avenida Pedro Gonzaga, Bairro Antonio Bráulio, periferia  de Iturama. Fernando tinha acabado de chegar do trabalho e conversava com uma pessoa na porta de casa quando foi abordado por dois jovens que chegaram em uma bicicleta, os acusados teriam esperado a vítima ficar sozinha, momento em que um deles sacou a arma e efetuou os disparos contra Fernando que morreu no local. Em uma ação rápida Policiais Militares da 3ª Cia Ind. de Iturama, sob o comando do Cap. Magno Cipriano, localizaram e prenderam dois menores acusados de terem praticado o crime, um de 16 e outro de 17 anos, ambos moradores do Bairro Antonio Bráulio. A arma do crime até o momento não foi localizada. [caption id="attachment_37809" align="alignnone" width="600"]vitim Foto: Reprodução / Diário do Triângulo[/caption] Segundo o Ten. Edson Braz, responsável pelo Setor de Comunicação da Companhia, os menores são conhecidos no meio policial pela prática de uso de entorpecente. Já a vítima não possuía passagem pela polícia e era considerada pessoa de boa índole, ficando descartada a princípio seu envolvimento com o trafico de drogas. No local do crime a cena era desoladora e chocou a vizinhança. O caso foi entregue ao delegado de Polícia Civil, Dr. Vitor Hugo Heisler responsável pela 4ª Delegacia Regional de Iturama que irá investigar a real participação dos menores e a motivação do crime. Fonte: Diário do Triangulo
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.