Terça, 18 de Janeiro de 2022
19°

Alguma nebulosidade

Uberlândia - MG

Educação Balanço

Balanço mostra queda de homicídios e estupros e aumento de roubos em Minas

Balanço mostra queda de homicídios e estupros e aumento de roubos em Minas

25/09/2014 às 17h22
Por: Adelino Júnior
Compartilhe:
O levantamento divulgado pela Secretaria de Estado de Defesa Social, nesta quinta-feira (25), indica que houve uma queda em quase todos os índices da chamada “criminalidade violenta” em Belo Horizonte, na região Metropolitana da capital e no Estado. Os dados comparam os primeiros oito meses de 2014 com o mesmo período do ano passado. As taxas de estupros tentados e homicídios em BH foram as que obtiveram as maiores quedas. O índice de roubo em toda Minas Gerais ainda é maior do que o registrado em 2013.
Em Belo Horizonte, houve queda ou estabilização em seis dos sete crimes avaliados como violentos. Os homicídios consumados, por exemplo, tiveram queda de 12,92%, passando de 542 ocorrências de janeiro a agosto de 2013 para 472 no mesmo período de 2014. Já os homicídios tentados caíram 11,93% na capital. O crime de estupro tentado teve redução de 32,86% e o de estupro consumado caiu 6,8%. Já os crimes de sequestro e cárcere privado tiveram uma redução de 12,5% e as extorsões mediante sequestro caíram 10,87%.
Já os registros de roubos aumentaram, neste ano, em 23,27%, em Belo Horizonte, em relação ao ano passado. Em todo o Estado, o aumento foi de 22,96% e na região Metropolitana da capital teve elevação em 24,37%. O secretário de Estado de Defesa Social, Marco Antonio Romanelli, espera estabilizar esses dados nos próximos meses. “Nossa expectativa é estabilizar estes números nos próximos meses, principalmente com a chegada de novos 2.100 policiais militares às ruas do Estado até novembro. Com o aumento da ostensividade policial e investimentos em tecnologias, como o Olho Vivo, esperamos ter um novo cenário em breve”, disse.
A região Metropolitana de Belo Horizonte também registrou quedas nas ocorrências de crimes de homicídio consumado e tentado, de estupro consumado e tentado, e também de sequestro e cárcere privado. Destaque para a diminuição de 8,71% na ocorrência de homicídios consumados e de 22,34% na ocorrência de estupros consumados. Os homicídios tentados caíram 3,1% e os estupros tentados registraram queda de 20,95%.
No Estado como um todo, os registros de homicídios tiveram uma queda de 2,54% na comparação dos oito primeiros meses de 2014 com o mesmo período de 2013. Os homicídios tentados subiram 1,02%, com 39 registros a mais nos 853 municípios de Minas. Já o crime de estupro consumado apresentou uma expressiva queda de 18,4% no conjunto do estado. Os estupros tentados, por sua vez, diminuíram 6,51%.
Com o objetivo de diminuir os índices de criminalidade, o governo do Estado, Plano Estadual de Defesa Social, está investindo R$ 909 milhões em estratégias e projetos, desenvolvidos de forma integrada nas polícias Militar e Civil, no Corpo de Bombeiros e no Sistema Prisional.
(*Com Seds)
Fonte: Hoje em Dia
 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.