Segunda, 23 de Maio de 2022
14°

Alguma nebulosidade

Uberlândia - MG

Capinópolis

Capinópolis se prepara para a Campanha de Vacinação contra sarampo e paralisia infantil

Capinópolis se prepara para a Campanha de Vacinação contra sarampo e paralisia infantil

05/11/2014 às 11h27
Por: Adelino Júnior
Compartilhe:
CAPINÓPOLIS –A coordenadora de Epidemiologia, Maria Nazaré Costa reforça a necessidade dos pais levarem seus filhos à Unidade de Saúde mais próxima de sua casa. A Secretaria Municipal de Saúde de Capinópolis se prepara para mais uma campanha de vacinação, desta feita contra o sarampo e paralisia infantil. Um cronograma especial de ações está sendo levado às Unidades de Saúde para o atendimento às crianças que estão na faixa etária de receber a vacina. “Mais uma vez estamos preparados para esse atendimento e esperamos o mesmo comprometimento dos pais e responsáveis que devem levar seus filhos para receber a vacina, além de atualizar sua caderneta de vacinas”, chama atenção, a secretária municipal de Saúde, Simone Dantas. De acordo com o Ministério da Saúde, a Campanha Nacional de Vacinação terá início no dia 8 de novembro. A expectativa do Ministério da Saúde é de que mais de 11 milhões de crianças sejam vacinadas até o dia 28 de novembro. Neste ano, o Dia D de Mobilização Nacional será realizado em dois momentos: no primeiro dia da campanha, 8 de novembro, e no dia 22.  A meta é atingir a cobertura vacinal de 95% do público-alvo. A vacinação contra a poliomielite – responsável pela paralisia infantil – terá como população-alvo  crianças de seis meses até menores de cinco anos. A expectativa é vacinar mais de 12,7 milhões de crianças em todo o país. O Ministério da Saúde distribuirá cerca de 17,8 milhões de doses da vacina oral poliomielite (VOP) – vacina em gotas – que será utilizada prioritariamente. No entanto, é recomendada às Coordenações Estaduais de Imunizações a disponibilização da vacina inativada poliomielite (VIP), que é injetável, para as crianças acima de seis meses que estão com esquema vacinal atrasado. Já a vacina tríplice viral, destinada à vacinação contra sarampo, caxumba e rubéola, será aplicada em crianças de um ano a menores de cinco anos. A estimativa é promover a vacinação de 10,9 milhões de crianças. O Ministério da Saúde distribuirá cerca de 12,5 milhões de doses da vacina. A campanha de seguimento contra o sarampo será realizada em todos estados e no Distrito Federal. No estado do Ceará e em alguns municípios de Pernambuco a vacinação foi antecipada para interromper a cadeia de transmissão do vírus devido ao registro de casos da doença em 2013 e 2014. “Temos atingido nossa meta em todas as campanhas de vacinação, e isso mostra o grau de comprometimento do poder público, através da Secretaria Municipal de Saúde, e dos pais, que tem sua parcela de responsabilidade nessa conquista, que não é só importante em termos de estatísticas, mas sim de qualidade de vida e segurança para essas crianças vacinadas”, finalizou Simone Dantas. PMC-SimoneDantas-MariaNazareth
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.