Quarta, 26 de Janeiro de 2022
20°

Trovoada

Uberlândia - MG

Saúde e Bem-estar Profissionais

Profissionais do Mais Médicos devem se apresentar até hoje nos municípios

Profissionais do Mais Médicos devem se apresentar até hoje nos municípios

20/02/2015 às 11h38
Por: Adelino Júnior
Compartilhe:
Os profissionais  selecionados para atuar no Mais Médicos devem se apresentar até hoje (20/02) nos municípios onde trabalharão, caso contrário não participarão de novas chamadas desta edição do programa. Para confirmar a vaga, o profissional precisa entregar à gestão do município cópias de documento oficial com foto, do diploma e do registro no Conselho de Medicina. Segundo o cronograma do governo, os médicos começam a trabalhar no dia 2 de março. Nesta etapa do programa, 12.580 profissionais fizeram a inscrição e, entre eles, 3.936 foram selecionados. Diferentemente das outras edições, nas quais cerca de 80% dos participantes se formaram fora do país e não tinham o diploma validado, desta vez mais de 90% das vagas foram preenchidas por médicos formados no Brasil. O ministro da Saúde, Arthur Chioro, tem defendido que entre os motivos para a mudança de quadro estão a possibilidade de o médico receber um bônus de 10% em provas para residência e também o aumento da credibilidade do programa. Para a segunda chamada, que ocorrerá nos dias 23 e 24 de fevereiro, entrarão as 210 vagas que não foram preenchidas e, eventualmente, as surgidas pela não confirmação do profissional até amanhã. A terceira chamada está prevista para os dias 17 e 18 de março. Caso ainda haja vagas, ocorrerá, em 10 de abril, chamada para brasileiros formados no exterior e, em 5 de maio, para médicos estrangeiros. Trimestralmente, o Ministério da Saúde lançará edital para a oferta de vagas que, eventualmente, forem abertas. [caption id="attachment_56510" align="aligncenter" width="640"]FormatFactorymais Foto: Divulgação[/caption]   AgenciaBrasil
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.