Fique atento aos riscos de golpes que envolvem o nome do CBMMG

Em caso de suspeita de fraude não exite em ligar 193 para confirmação da veracidade da informação

4
Anúncio

Mensagens eletrônicas com conteúdo suspeito envolvendo o nome do CBMMG estão sendo divulgadas em diversas circunstâncias, sobretudo em tempos de crises, como o rompimento da barragem em Brumadinho, as chuvas que atingiram o estado no início do ano, a pandemia causada pelo coronavírus, entre outros momentos de comoção pública. O alerta foi encaminhado pelo 2° Pelotão do CBMMG em Ituiutaba aos canas de imprensa locais.

Estelionatários se aproveitam de situações em que a população está mais vulnerável para fazer pedidos de doações em dinheiro ou aplicar outros tipos de golpes. Esses criminosos se aproveitam ainda da seriedade do Corpo de Bombeiros e da confiança que a população deposita na corporação para endossar “campanhas solidárias” ou praticar crimes variados. Por isso, fique atento a atitudes suspeitas e desconfie de qualquer contato em nome dos Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG).

Conheça alguns dos truques mais comuns que usam o nome do CBMMG:

Identidade funcional

Algumas pessoas participaram de cursos oferecidos pela Academia de Bombeiros e ao final, receberam um certificado de credenciamento para atividades auxiliares. No entanto, pessoas mal-intencionadas produziram uma carteira profissional falsa com nome de miliares da corporação, constando até QR Code, que direcionava para a página do CBMMG. Reforçamos que se trata de um golpe.

O Corpo de Bombeiros não emite nenhum tipo de carteira ou identidade profissional de bombeiro civil, apenas um certificado de credenciamento para a prática da atividade.

Secretaria Municipal dos Bombeiros

Há alguns meses algumas mensagens foram remetidas pela inexistente Secretaria Municipal dos Bombeiros e, no corpo do e-mail, existia um comunicado intitulado “aviso de vigência de documentos vencidos” – que tinha por finalidade alertar o cidadão sobre um prazo de regularização junto aos “bombeiros”.

O remetente ainda disponibilizava um link para que o destinatário executasse as ações para a regularização. Trata-se de um golpe! Estas mensagens são meras tentativas de obtenção de vantagens junto ao cidadão. Segundo constatações, os links fornecidos são um meio para disseminação de vírus.

Jornal dos bombeiros

Outra estratégia adotada por estelionatários, é a procura destes criminosos por empresas e associações para vender a divulgação anual de notícias em um jornal denominado “Bombeiros em Ação”, supostamente associado ao Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG). Não caia nessa! Isso também é um golpe!

O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais esclarece que não vende publicação em jornais, revistas ou qualquer outro meio de comunicação. Orienta aqueles que forem procurados por pessoas com propostas dessa natureza que acione a Polícia Militar pelo telefone 190, ou denuncie através do número do Corpo de Bombeiros 193, ou pelo telefone 181 do disque denúncia unificado (DDU).

Alerta!

O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais esclarece que todos os cursos ofertados pela Corporação são divulgados por meio do nosso site e de nossas mídias sociais.

E sempre que o interessado estiver em dúvida, sugerimos que busquem informações fidedignas antes de assinar qualquer contrato ou pagar por serviços sem recebê-los.

Fique atento a essas dicas:

Não acesse links suspeitos e/ou desconhecidos; Não faça depósitos para ninguém que se identifique como militar do CBMMG;

Não forneça dados pessoais para supostos representantes do Corpo de Bombeiros;

Não deposite dinheiro para “campanhas solidárias” envolvendo o nome do Corpo de Bombeiros;

Em caso de suspeita de fraude não exite em ligar 193 para confirmação da veracidade da informação.

4 COMENTÁRIOS

Comments are closed.